POEMAS, PÉTALAS E VENTOS!
TENHO SÉRIOS POEMAS NA CABEÇA (Autor: Desconhecido)
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
UM RAIO DE SOL
 
De repente ela apareceu
Como sol a brilhar no céu
Languidamente dengosa
Sem máscara e sem véu
Cabelos em cachos soltos
Cantando como  menestrel

Entrou no single como diva
Sorriso fácil como tentação
Olhar profundo que te agita
Cantando uma linda canção
A boca uma quente guarida
De beijos puros e sofreguidão

Com a pureza  de  menina
E magia espraiada no ar
De tenro olhar e cativante
Fez meu coração despertar
Tirei minha arpa do salgueiro
Para com ela também cantar

Minha alma cheia de vaidade
Se encanta com aquele olhar
Beleza profunda extravagante
Faz-me réu lugente e confesso
Usando a sua malandragem
Em sua malícia me faz navegar

Revelei-lhe todo o meu mundo
Para que ela pudesse encontrar
Em mim o abraço mais profundo
E o desejo do meu corpo agregar
Usando seu encanto predatório
Faz meus olhos os seus encontrar

Como sol que estava em céu alto
De repente  ela deixa de brilhar
Sumiu por detrás das murálhas
Tornando dificíl de lhe encontrar
De repente ela em mim fez nascer
O desejo de nunca com ela estar!
Jeovan Rangel
Enviado por Jeovan Rangel em 23/03/2021
Alterado em 23/03/2021
Comentários
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato