POEMAS, PÉTALAS E VENTOS!
TENHO SÉRIOS POEMAS NA CABEÇA (Autor: Pedro Salomão)
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
INSENSÍVEL SENSATEZ
Difícil infringir teus preceitos
tão bem assimilados, sem passar
por mentecapto rotulado.
É tua indispensável solidez
que nos leva a ter espantos noturnos;
soturnos, são teus braços de ferro
que nos embalam docemente,
Incoerente; é tentar entender o
implícito, quando o explicito de forma
inusitada qual habitual pureza de
expressão vem demonicamente, trazer
à lembrança dos inconformados,
o senso, ausente, dormente, pela intrusa
nostalgia duradoura que passa de repente.
Obrigado, pelo teu hálito varredor,
conciliador; a dor, efêmera, quando
se entende que não há troca de sentido
sentir; sem ti, é evocar o lúgubre sentido
que só se sente quando faz sentido
sentir...
Jeovan Rangel
Enviado por Jeovan Rangel em 14/08/2020
Alterado em 14/08/2020
Comentários