POEMAS, PÉTALAS E VENTOS!
TENHO SÉRIOS POEMAS NA CABEÇA (Autor: Pedro Salomão)
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
PEDAGOGIA
O que era flor, murchou!
O que era sonhos feneceu...
O que era cor esboroou!
O que era novo, envileceu...

A espera, se desesperançou!
O colorido céu, enegreceu...
A rosa que a vida aromatizava!
Nas antigas veredas, se perdeu...

O sorriso fácil, entristeceu!
Dos olhos, o brilho apagou...
O sopro que a vida lhe dava!
A própria vida, lhe roubou...

Outro dia  a flor vicejará!
Os sonhos de novo reviverão...
A cor viva, em outro dia, voltará!
E o novo, como dantes, novos, serão...

A esperança novamente nascerá!
No céu um lindo arco-íris de cor...
A rosa o jardim inteiro perfumará!
O caminho de volta, encontrou...

Os lábios largos para a vida acordou!
Os olhos brilhantes ainda iluminará...
O sopro que a vida a todos roubou!
A própria vida, a todos, devolverá...
Jeovan Rangel
Enviado por Jeovan Rangel em 28/07/2020
Alterado em 28/07/2020
Comentários