POEMAS, PÉTALAS E VENTOS!
TENHO SÉRIOS POEMAS NA CABEÇA (Autor: Pedro Salomão)
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
UM AMOR VERDADEIRO
Um marido amoroso. É muito importante observar que, num sentido romântico, o verbo em hebraico אהב (ahav) -“amar” ocorre aqui pela primeira vez em toda a Torá (e pela segunda vez em geral). Abraão amava Sara, mas a Escritura não usa essa palavra para descrever o relacionamento entre eles. Os sentimentos de Isaque por Rebeca devem ter sido muito fortes para que a Torá julgasse necessário descrevê-los usando este verbo.

Um filho amado. Ainda mais notável é o fato de que a primeira vez que encontramos essa raiz é em Gênesis 22, onde Deus diz a Abraão: “Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama (אהבת - ahavta)”. É muito interessante observar que, nas duas ocasiões, o verbo “amar” está ligado a Isaque; ele é quem foi amado em Gênesis 22, e ele é quem ama em Gênesis 24.

Descubra a mensagem profunda.A eterna verdade da parentalidade é revelada por meio desta origem hebraica: Devemos amar nossos filhos, para que eles sejam cheios de amor quando crescerem. Mas acredito que a mensagem é ainda mais profunda: Deus quer que todos sejamos amados (por um pai terreno ou pelo Pai Celestial), para que todos possamos amar.
Jeovan Rangel
Enviado por Jeovan Rangel em 29/06/2020
Comentários